20 de fevereiro de 2017

Não existe razão para ter medo...











No silêncio da nossa dor
Que ninguém mais vê
Que ninguém mais sente
Porque ninguém tem tempo
Ou porque já perdeu a alma
E se tornou completamente
Incapaz de um pouco de compaixão
Apesar da sensação de solidão
Não existe razão para ter medo


Sob a brutal sensação de abandono
A verdade simples e absoluta
É que nunca estamos sozinhos
Consolando, restaurando
Soprando fôlego de vida
O Espírito vive nas profundezas
Do nosso ser, animando
E vivificando o nosso coração


No lugar mais profundo
E inacessível da nossa alma
Onde demônio algum chega
E as perseguições humanas
Não tem poder ou autoridade
Onde Deus é tudo em nós
Sabemos que apesar das imensas
Loucuras e incertezas deste mundo
Que sofre nas mãos do Maligno
O Espírito testifica ao nosso espírito
Que somos filhos de Deus


Aconteça o que acontecer
Precisamos ter bom ânimo
Porque apesar das aflições
E da brevidade da nossa vida
Estamos definitivamente
Destinados para a eternidade


Não há motivo para ter medo
Todo dia, sem cessar
O Espírito de Deus
Aviva a salvação de Cristo
Nos recessos da nossa alma


O Espírito sempre está ao nosso lado
Mesmo quando fora da nossa alma
Onde leões rosnam e rugem
Tudo é inverno, geada e escuridão
Ele sopra constante
Como uma brisa suave
Alegrando as manhãs de primavera
E a nossa alma, diante dele
Como um riacho de águas tranquilas
Corre livre em direção ao mar da vida


Com efeito, no meio da escuridão mais profunda
Como a estrela mais brilhante da noite
Ele surge e espanta a escuridão
Ilumina a nossa alma
Anima o nosso espírito
Restabelece as nossas forças
E nos ensina – sem cessar
Que do nascer ao pôr do sol
Aconteça o que acontecer
Deus continua sendo Deus
E todos os seus atos
São – necessariamente
Atos de amor e graça


Então compreendemos claramente
Que do início até o fim da nossa vida
Pela eternidade afora, de glória em glória
Deus nos trata com bondade e graça
E sabemos, não de ouvir falar, mas de viver
De cair e levantar, de sofrer e lutar
Que as suas misericórdias não têm fim
E que elas são a única causa
De não sermos consumidos...
_VBMello